Tecnoshow Comigo 2014
Governador Marconi Perillo fez abertura do evento

Na Tecnoshow, Marconi diz que questão da demanda por energia é “a bola da vez” Ao participar hoje de manhã da abertura da Feira de Tecnologia Rural do Centro-Oeste (Tecnoshow Comigo), em Rio Verde, o governador Marconi Perillo anunciou que o governo está empenhado em resolver definitivamente a questão da demanda por energia no Estado. “A bola da vez tem de ser o setor elétrico”, disse Marconi no discurso de abertura oficial da Feira, ao justificar que esta é a área “mais nevrálgica, mais emblemática” do Estado hoje. Por isso, enfatizou, o governo está em fase de conclusão do acordo de acionistas com a Eletrobrás, que prevê investimentos de R$ 1 bilhão nos próximos dois anos. De acordo com Marconi, o governo estadual investe vultosos recursos em infraestrutura – estradas, saneamento, aeroportos – mas a questão da energia não é culpa do Estado, uma vez que o comando da Celg foi transferido à Eletrobrás há dois anos e três meses, faltando concretizar o repasse do controle acionário. O governador ressaltou que já foi a Brasília inúmeras vezes para cobrar investimentos da Eletrobrás na Celg, porque a economia do Estado cresceu muito nos últimos anos e há demanda crescente por energia. O governador deu boas vindas aos expositores da Tecnoshow Comigo, segundo ele “a grande vitrine de Goiás e do Centro-Oeste”. Marconi destacou a força do agronegócio e disse que o governo do Estado é parceiro deste que é um dos setores que mais geram emprego e renda em Goiás. Ao agradecer a presença do ministro da Agricultura, Neri Geller, que também é produtor rural no vizinho Estado Mato Grosso, ele afirmou que o ministro “tem voz, ação e credibilidade” entre os produtores brasileiros. A Tecnoshow Comigo começou hoje e vai até o próximo dia 11, com mais de 500 expositores. No ano passado, cerca de 82 mil pessoas visitaram os mais de 500 estandes da Feira, proporcionando um volume de negociações da ordem de R$ 900 milhões. Números que bateram todos os recordes da história do evento. Para este ano, a previsão de um público visitante de aproximadamente 100 mil pessoas e negócios superiores a R$ 900 milhões. Na Feira estão expostos, para comercialização, cerca de 2.400 máquinas, equipamentos, e veículos, com destaque para colheitadeiras, tratores, pulverizadores, plantadeiras, caminhões, entre outros. Os produtores poderão assistir a 100 palestras e oficinas (máquinas e pecuária). A Tecnoshow Comigo conta ainda com 11 pavilhões (animais e empresas), dois auditórios para 800 pessoas, dois restaurantes (8 mil refeições diárias), estacionamentos para 3.500 veículos/ônibus e doma racional de animais para 400 pessoas. Também estarão presentes em dois pavilhões cerca de 80 expositores apresentando diversos produtos e serviços, direcionados ao agronegócio. E ainda: expositores de artesanatos, empresas de alimentação, instituições financeiras de fomento a negócios, expositores de aeronaves, entidades e órgãos públicos, expositores da área de comunicação e alternativas de renda para agricultores familiares. Prestigiaram a abertura oficial da feira, além do governador, do ministro Neri Geller e do presidente da Comigo, Antônio Chavaglia, o vice-governador José Eliton, a senadora Lúcia Vânia (PSDB), os deputados federais Heuller Cruvinel (PSD), Ronaldo Caiado (DEM), Roberto Balestra (PP) e Vilmar Rocha (PSD), o prefeito Juraci Martins, lideranças políticas locais, produtores rurais e a comunidade local.

Comentários